Lula diz que gasolina é cara porque Bolsonaro tem ‘rabo preso’ e falta coragem para mudar política de preços

O ex-presidente Lula (PT) afirmou nesta terça-feira (24.05.22)  durante entrevista à Rádio Mais Brasil News FM que o presidente  Jair Bolsonaro tem “rabo preso” ao preço internacional do petróleo e que precisa ter “coragem” para mudar a política de preços da Petrobras, para baixar o preço dos combustíveis.

“O Bolsonaro precisa parar de falar bobagem, precisa parar de ficar dizendo que tem vontade de dar murro na mesa. Não é trocando o presidente [da Petrobras], não. O que ele tem que ter é coragem. Porque, na verdade, o que ele tem é o rabo preso aos preços internacionais”, disse o petista.

 “Ele [Bolsonaro] pode fazer uma reunião com o Conselho Nacional de Política Energética, trazer a Petrobras para a mesa. Traga o conselho da Petrobras e decida que o preço não será dolarizado, que nós não vamos pagar o preço internacional. Nós vamos pagar o preço do custo aqui no Brasil. Porque o trabalhador ganha em reais. Fazemos a produção em reais. Não tem porque ficar cobrando em dólar do povo brasileiro. Nós somos autossuficiente ( em petróleo) “, completou.

“Não adianta o Bolsonaro ficar trocando a presidência da Petrobras. Ele tem que trocar de postura”.

Ele tem que decidir que o preço da gasolina não pode ser dolarizado. O trabalhador tem que pagar em reais. O Brasil produz em real. Na crise de 2008 o barril do petróleo custava US$ 147 no mercado internacional e o litro da gasolina custava R$ 2,60”.

“Eles diziam que privatizando a BR-Distribuidora a gasolina ficaria mais barata. Pois bem, privatizaram a BR e hoje nos temos mais 392 empresas importando gasolina dos Estadps Unidos e cobrando apreço em dólar aqui no Brasil’, pontuou Lula.

Nova postura

“Bolsonaro não percebe que governar o país exige responsabilidade, que é uma coisa acessível. Há quanto tempo ele não conversa com prefeitos, governadores? Bolsonaro vive no mundo das mentiras que ele cria”.

“Se eu ganhar a eleição, a primeira coisa que quero é reunir os 27 governadores, para entender o que é prioritário para cada Estado”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s